Gestação

Dor nas costas na gravidez: entenda mais sobre esse assunto!

Escrito por Mammybelt

Durante a gestação, nosso corpo passa por profundas transformações. É uma delícia acompanhar a barriga crescendo e sentir o bebê se mexendo, não é mesmo? Contudo, essas mudanças trazem alguns efeitos indesejados, e a dor nas costas na gravidez é um deles.

Se você está passando por esse incômodo, saiba que não está sozinha, muitas mulheres também sofrem com dores nas costas em algum momento da gravidez. A boa notícia é que, com alguns cuidados, é possível evitar ou aliviar o desconforto, garantindo mais tranquilidade para curtir esse momento mágico.

Portanto, continue conosco para conhecer as causas das dores nas costas na gravidez e saber o que fazer para combater o problema. Vamos lá?

Por que as costas doem durante a gestação?

Se você acha que as variações hormonais resultam apenas em alterações de humor, você está enganada. Quando o assunto é dor nas costas na gravidez, mais uma vez podemos colocar a culpa em nossos hormônios. Afinal, são eles que preparam o corpo para a expansão do útero e o crescimento do bebê.

Essa ação hormonal “solta” os ligamentos, deixando os músculos abdominais, das costas e da bacia mais flácidos. O afrouxamento muscular, somado ao aumento do tamanho uterino, causa uma sobrecarga na parte inferior da coluna, trazendo desconforto para a futura mamãe.

O mais comum é que a dor nas costas surja nos últimos meses da gestação, podendo persistir durante o pós-parto. Normalmente, ela aparece em momentos específicos, como ao se virar na cama ou permanecer muito tempo na mesma posição.

Como acabar com a dor nas costas na gravidez? 

Embora a dor nas costas afete a maioria das grávidas, isso não quer dizer que você precisa se resignar e achar que é impossível prevenir ou aliviar a situação. Também não significa que você deve abrir o armário e tomar o primeiro analgésico que vê pela frente, afinal, apesar de muitos remédios serem seguros para as gestantes, eles só devem ser ingeridos com a orientação do obstetra.

Para ter uma gravidez livre de dores, há diversas recomendações não-medicamentosas que podem ser seguidas. Veja algumas delas!

Mantenha o peso adequado

O excesso de peso causa sobrecarga à coluna, tornando as dores lombares ainda mais intensas. Durante a gestação, o ganho de peso é esperado, porém deve ser mantido sob controle. Para isso, invista em uma alimentação equilibrada e saudável — e lembre-se de que “comer por dois” não passa de um mito da gravidez. 

Faça exercícios físicos

Caso não haja contraindicação médica, a gestante deve incluir exercícios moderados em sua rotina. Os mais recomendados são caminhadas, Yoga, Pilates ou hidroginástica, sempre respeitando as limitações naturais do corpo em transformação. Essas atividades fortalecem a musculatura e ajudam a controlar o peso, evitando a dor nas costas.

Outra boa ideia é fazer alongamentos — o início e o final do dia são os momentos mais indicados para descomprimir a coluna e aliviar as dores. Aproveite também para prestar atenção na respiração e relaxar um pouco.

Use compressas de água quente

O calor ajuda a relaxar a musculatura das costas, então, que tal se render a um banho morno, deixando a água cair no ponto exato da dor? Só não vale mergulhar em uma banheira muito quente, já que o aumento da temperatura do corpo pode trazer riscos ao bebê.

Você pode, ainda, usar uma bolsa térmica ou toalha molhada, sempre evitando o excesso de calor para não queimar a pele. 

Entregue-se a massagens

Uma boa massagem tem o poder de relaxar e aliviar a tensão muscular, e quando feita por um profissional, os resultados são ainda melhores. Contar com o acompanhamento de um fisioterapeuta traz outros benefícios, como a realização de exercícios para relaxamento, correção postural e até preparação para o parto.

Pronto, seguindo essas dicas de ouro você curtirá ainda mais a sua gestação. Você já percebeu que manter uma alimentação equilibrada e praticar exercícios físicos é solução para quase tudo? Com a dor nas costas na gravidez não é diferente e, ainda, ajuda seu bebê a se desenvolver forte e saudável.

Nossos conteúdos são feitos para ajudá-la a se sentir bem durante a gravidez. Para não perder nenhum deles, siga-nos nas redes sociais — estamos no Facebook e Instagram.

Sobre o autor

Mammybelt

Deixar comentário.

Share This